quarta-feira, 03/08/22

EM DEFESA DO SERVIÇO SOCIAL NO INSS, CNM/FENASPS APRESENTA A SENADORES EMENDA À MP 1.113, APROVADA NA CALADA DA NOITE NA CÂMARA

Diante de protestos da Fenasps e de entidades que defendem os direitos da Pessoa com Deficiência (PcD), a Medida Provisória (MP) nº 1.113/2022 foi aprovada por volta das 23h dessa terça-feira, 2 de agosto, na calada da noite.

Diante disso, os representantes do Comando Nacional de Mobilização (CNM) da FENASPS agiram rápido e buscaram o apoio de senadores e senadoras para defender o Serviço Social no INSS, em grave risco de desmonte, já que a MP 1.113/22 propõe parcerias com entidades públicas e privadas para a realização da avaliação social de PcDs, abrindo as portas à privatização da atividade, privativa de Assistentes Sociais do INSS.

Foram sondados vários senadores (veja nas fotos abaixo), dentre eles Paulo Rocha (PT/PA), Paulo Paim (PT/RS), Flávio Arns (Podemos/PR) e Mara Gabrilli (PSDB/SP). Esta apresentou a Emenda nº 46 à MP 1.113/22 – agora já denominada Projeto de Lei de Conversão (PLV) nº 20 -, suprimindo o seu Artigo 2º, conforme solicitação da Fenasps, impedindo o INSS de firmar parcerias com entidades públicas ou privadas, que significaria o fim do Serviço Social no INSS.

CNM junto ao senador Flávio Arns

Na Emenda nº 46, a senadora pondera que delegar tarefa dessa envergadura a particulares é o mais conveniente e oportuno para a administração pública, em vez de se debater alternativas para aumento da capacidade de atendimento pelo próprio INSS.

A MP 1.113/22 está na pauta de votações do Plenário no Senado, e tem grande chance de ser apreciada ainda na noite desta quarta-feira, 3 de agosto. Confira aqui a lista de senadores em exercício e pressione os parlamentares do seu Estado a aprovar a Emenda nº 46!

EM DEFESA DO SERVIÇO SOCIAL NO INSS!

Antes da aprovação da MP 1.113/22 na Câmara, o deputado federal Glauber Braga fez um depoimento no Plenário em defesa do Serviço Social no INSS, e de seus trabalhadores e trabalhadoras. Assista abaixo:

Ainda que não seja aprovada nesta quarta-feira, 3 de agosto, a MP 1.113/22 seguirá na pauta de votações do Plenário no Senado. Veja abaixo a avaliação do CNM/FENASPS sobre a tramitação da MP no Congresso.

A luta continua!

Últimas notícias

ver mais
sexta-feira, 16/09/22 TÁ CHEGANDO A HORA! No dia 2 de outubro: vote para derrotar Bolsonaro! (imagem: reprodução Fonasefe) As eleições ...
quinta-feira, 15/09/22 EM REDE NACIONAL, FENASPS DENUNCIA ATAQUES À PREVIDÊNCIA SOCIAL Um dia após a consultoria de investimentos Natixis divulgar um ranking global que aponta ...
quinta-feira, 15/09/22 FENASPS PRESSIONA, E DEVOLUÇÃO DOS DESCONTOS DA GREVE DE 2009 DEVE OCORRER ATÉ O FINAL DO ANO, DIZ ECONOMIA Uma das importantes conquistas da greve de 2022 foi a devolução dos valores descontados ...


Convênios

ver mais

Centro Universitário Unihorizontes Graduação / Pós-Graduação Santo Agostinho - CEP 30.180-121 . Belo Horizonte (31) 3349-2900 / 0800 283 700 www.novo.unihorizontes.br
Mais detalhes

Léia Gerken Buffet e Pâtisserie Buffet e Decoração de Festa Horto . Belo Horizonte (31) 3482.8695 / (31) 9 9161-4845
Mais detalhes

Estoril Hotel Hotéis Centro . Belo Horizonte (31) 3025-9322
Mais detalhes
Top